Xhamster

Assista SEMPRE um video de sexo BEM gostoso.

Xhamster Brasil | Melhores Videos Porno do xhamster

Versão brasileira do xhamster pornô

Raimunda no xhamster é a boa de bunda. Já conheci várias assim, mas nenhuma chegava aos pés da Iara.

Pensa aí naqueles filmes pornô que os gringos vinham pro Rio de Janeiro à procura daquelas morenas deliciosas, com os rabos gigantes, coisa que não existe lá na terra deles. Pois é, Iara era desse naipe, e ela sabia como usar sua bunda.

xhamster

Tivemos vários encontros, alguns mais de boa, só pela amizade e boa companhia pra tomar uma cerva, outros mais quentes, em que marcamos pra transar mesmo.

Ela morava sozinha, e numa casa em boa localização, afastada da muvuca e bem discreta, e isso facilitava muito quando queríamos dar umazinha.

Ela não tinha frescura e não se importava que fôssemos lá trepar na cama dela. Sabem-se lá quantos sortudos passaram por lá.

Não era feia, mas também não era bonita. Porém, se ela virasse pra você de costas, você esquecia todo o resto, pois era um rabo que não se vê em qualquer lugar e que não se pega sempre.

Era redondo, mais de metro de comprimento e durinho. Se você enfiasse sua cara no meio dele, dava pra perder o ar e passar mal. Altas vezes inventei de chupar aquele cuzão e perdi o fôlego, de tão grande que é.

Numa noite em que o tédio era tanto que chegava a dar calafrio na espinha, mandei uma mensagem pra ela.

Ela demorava a responder mensagens, e isso me deixava puto. Imagina aí, o cara com o pau na mão, a pica fervendo de vontade de uma buceta, poucas opções pra sair e a melhor delas, não via a mensagem a tempo.

Rapaz, eu estava enlouquecendo. Uma meia hora depois, ela me respondeu toda carinhosa. Como não tinha tempo ruim entre a gente, mandei a real logo.

Estava afim de foder, e perguntei se ela também queria. Ela era muito safada, não negava fogo. Concordou na hora, disse que também tava precisando, mas tinha um breve compromisso na casa da vizinha, e que mais tarde estaria liberada.

Vai ser difícil segurar esse tesão, foi o que pensei, mas era a única chance. Não podia desperdiçar, então falei que tava ok, aguardaria com ansiedade e pronto.

Como disse acima, foi difícil segurar. Essa troca de mensagens foi por volta das 19:30. Deu 20 horas e nada. 21, nada. Bateu 22 horas e não resisti, mandei mensagem.

Já tinha quase batido uma punheta vendo o xhamster brasil aqui no site. Ela não respondeu. Pensei que já era a foda daquela noite. Só às 23 horas que ela me comunicou de volta, disse que haviam se atrasado no compromisso, mas que já estava de boa.

— É muito tarde pra você vir agora, amor?

Ela me mandou um áudio com essas palavras, usando um tom de voz muito sacana e um gemido no final. Nem precisei responder, só entrei no carro e parti pra casa dela.

Para não causar muito barulho aquela hora da noite, tava chegando na casa dela, e desliguei o farol e estacionei bem devagar.

Avisei que estava lá fora e ela abriu o portão eletrônico. Entrei. A casa dela tava toda no escuro, e a gostosa me esperava na porta. Meu deus, ela tava só de calcinha.

Seus peitos deliciosos de fora despertaram ainda mais minha piroca, quase rasgando a cueca. Cheguei dando-lhe um beijão na boca, uma mão foi numa das tetas e a outra desceu pra bucetinha. Estava cheirosa e molhadinha.

Entramos e fomos para o quarto. No meio do caminho, ela parou e esfregou seu rabo no meu pau. Sentiu que eu estava muito duro e vi que deu uma risadinha. Gostava de se sentir desejada.

No quarto, ela fechou a porta. Antes da foda, pedi pra jogar uma água, deixar a rola cheirosa e no ponto pra ela.

Quando terminei, começamos nosso lance daquela noite.

Iara aguardava minha presença já sem calcinha e de quatro. Olhava para trás com uma cara de safada, e na hora entendi o recado. Ajoelhei, e caí de boca naquele rabo monstruoso, enchendo ela de linguadas no cu e na buceta.

Alternava entre um e outro, sentindo o gostinho de cada um. O cheiro do perfume e o de sexo misturou e foi para o ar, e isso dava um tesão danado. Enquanto chupava, a putona se contorcia nas pernas e gritava pedindo mais e mais.

Foram bons minutos naquela brincadeira, até que ela pediu para trocarmos. Era a vez da gata de me satisfazer, e por pouco não gozo antes da hora, porque ela parecia ter veludo na boca.

Eu curto um oral, quando é bem feito então, é o que mais prezo no sexo, mas eu precisava partir pra dentro daquela xota. Não deixei ela me mamar demais, só deixou o pau no ponto mesmo, molhadinho, e pedi pra ela vir quicar.

Sem exageros, foi a melhor sentada que aquela gostosa já me deu em todos os nossos peguetes. Aquele rabo fenomenal subia e descia com tanta força, que apertava minha piroca e atingia o fundo de sua buceta de um modo que nunca havia sentido. Nem o pessoal do xhamster pornô deve ter presenciado algo assim.

Na hora, ela viu que tava mandando bem. Olhava nos meus olhos enquanto cavalgava e dava altas risadas. Aquelas risadinhas safadas que não há homem que resista. Não demorou muito para eu encher a camisinha com meu leite.

Não digo que ela se decepcionou, mas Iara queria mais. Meu pau amoleceu, perdeu todas as forças, mas eu ainda tinha minha língua. Disse para ela sentar na minha cara. Ia dar um trato nela.

Com aquele bucetão arreganhado, a cavala veio, e começou a esfregar. Na mesma medida que eu chupava e lambia seu clitóris, sugando os lados da xota, e tentava enfiar a língua dentro.

Dei um jeito de usar a mão direita para masturbá-la, enquanto fazia o oral e ela gritava que se acabava de tesão.

Lembrei que ela se amarrava num anal também, e comecei a dedar seu cuzinho ao mesmo tempo. Essa mulher enlouqueceu.

Chegou a adormecer a língua, não vou mentir, mas valeu a pena. A sessão de linguadas e dedadas funcionou tão bem que a Raimunda gozou na minha cara, deu até pra sentir o gostinho.

Como era sexta-feira, dormi lá mesmo. Adormecemos juntos, peladões, e no dia seguinte, acordamos com uma boa foda, claro.