Hentai

Assista SEMPRE um video de sexo BEM gostoso.

Hentai Online | Videos de Animes gostosas | Brasil Hentai hq

Hentai online em videos de qualidade com as animes mais gostosas e safadas do mundo do anime erótico.

Experimento hentai no Brasil

Loiro endiabrado delicioso participou de um hentai num experimento voluntário, sem saber a enrascada que tava se enfiando.

Alguns cientistas meio fora da caixa no Japão, pretendiam criar a máquina do sexo perfeita, que nunca cansa, nunca reclama, topa qualquer coisa, e não tem frescura nenhuma.

hentai online

Enfim, o modelo ideal de parceiro sexual. O apelidaram de o homem super hentai capaz de levar qualquer pessoa ao ápice do prazer sexual.

Uma pegada futurista

Do naipe de animação futurista, tipo Ghost In The Shell e afins, o modelo se rebelou contra o próprio sistema. Começou a brigar, deu porrada nos cientistas, arrumam uma confusão do caralho no laboratório, mas conseguiram sedá-lo, e prometeram à ele que seriam mais justos.

Abriram todo o jogo para o que ele estava se submetendo. Após a conclusão de todo o procedimento, ele seria enviado ao Brasil, e passaria uma única noite.

Esse seria o teste, e dependendo do caso, ele seria aprovado ou não. Mais calmo, ele se sentou, respirou fundo e aceitou continuar o experimento. Em algumas semanas, seu corpo estaria preparado para a maratona sexual ao qual estava sendo criado para.

Finalizadas as tarefas do japas loucos, era hora de colocar toda a expectativa em ação. Transformaram o cara num modelo perfeito, um porte másculo vigoroso, e uma roupa pra lá de social e bem costurada. Era o sonho de qualquer mulher e qualquer homem que curte uma rola. Estava na beca, e pronto para embarcar para as terras tropicais.

De passagem na mão, o protótipo veio para o Brasil, direto para o Rio de Janeiro. E o estrago que ele arrumou será contado logo abaixo. Foi dado à ele cheque em branco, ou seja, todos os custos que teria na experiência seriam da empresa. Ele poderia gastar como quisesse, com quem quisesse e onde quisesse. Ele estava no paraíso do sexo.

Desembarcou no Rio de manhã, e os olhares começaram a focar no loiro. O cara tava numa pinta tão forte que a mulherada não conseguia nem disfarçar.

Parece que ele despertava o sexo dentro delas, chegava a sair fumaça por baixo da saia de algumas, as calças jeans ficavam marcadas de líquido. Era um tesão ambulante passeando pelo aeroporto. Ali ele não arrumou nada, mas deu pra se ligar que uma aventura de hentai hq estava para começar.

Barzinho no Rio de Janeiro

Sentado num barzinho de esquina,a poucos metros da praia, viu que aos poucos ele começava a lotar. Duas minas o fitavam descaradamente, uma loira e uma morena perfeitas.

Ele as olhava através das lentes dos óculos escuros, e sentia que elas estavam meladinhas e loucas para dar pra ele.

Com um movimento sutil, ele deu a entender que era para as duas o seguirem. Ele pagou a conta dele e das gatas, e saiu discretamente até um beco. Ah, meu caro, quando chegou num ponto bem deslocado da multidão na rua, a coisa esquentou.

A loira veio com sua boca direto à dele, enquanto a morena caiu num boquete alucinado. Ao mesmo tempo que se pegava com uma, ele fodia a boca da morena que engasgava no pau.

Ficava toda babada, e mesmo assim não parava. Punhetava o cara gostoso, e cada vez mais engolia aquela pica. Ficou tão excitada que levantou e só desceu a calça um pouco, e logo encaixou sua buceta. Fodeu aquelas minas de pé até elas não agüentarem mais, e dividiu a porra para as duas, direto na cara. Nem parece, mas ele se saiu bem no primeiro teste, com o fôlego intacto, o pau inteiro e preparado para mais uma foda. A experiência tava dando certo.

Um pouco mais tarde, ao passear pela beira da praia, viu um movimento em mais um bar logo adiante. Era um local bem alternativo, com pessoas de todos os tipos freqüentando.

No meio da muvuca, ele se esfregou de leve em um marmanjo com jeito de machão, mas que curtia mesmo era um pau. O protótipo foi direto pro banheiro e o garanhão veio atrás.

Com um bom espaço, a porta foi trancada e os amassos deliciosos começaram. O loiro insaciável punhetou o camarada que estava no bar tão forte, que teve que dar uma pausa. Não era hora de gozar ainda.

Novas experiências

O brucutu que gostava de rola ainda por cima era passivo e não queria enrolação. Ajeitou o cuzinho com um pouco de cuspe, e enfiou a jeba, dando altas reboladas para trás até entrar tudo.

Para provar a eficácia dos testes, o loirão pegou seu parça pela cintura, e madeirou tão forte que teve que tapar a boca do sujeito pra não gritar. Com o barulho da música no lado de fora, ninguém desconfiou. Em meia hora de bombada, finalizaram em um creampie gostoso, com o brucutu nem limpando. Era um fetiche dele, e saiu bar afora todo meladinho no cu.

Faltava só mais um teste para concluir o procedimento. Tudo estava indo muito bem. Para a surpresa do loiro, a conclusão desse hentai Brasil nem ele esperava por isso. Seria transar com outra máquina de foder, mas agora era uma fêmea. Também loira, ninfeta, peituda e rabuda, um tesão de mulher.

Marcaram de se encontrar num hotel chique no Leblon. Pegaram o quarto mais caro do local, e exigiram várias bebidas e um banquete.

Devidamente servidos, foram chegando um mais perto do outro. Quando o rapaz deslizou o roupão dela, e saboreou aquele peito divino. Uma chupada tão intensa que ela se arrepiou inteira. Ao mesmo tempo, deslizou os dedos na xoxota dela, e masturbou seu clitóris bem rápido, fazendo ela soltar um squirt em questão de segundos. Foi a foda mais arrasadora já feita até hoje.

Devidamente gozada, a loirinha agarrou a piroca do amante, e sentiu o gostinho dela com lambidas de leve. Quando sentiu a veia da coisa engrossando, era hora de ir mais fundo. E desceu com a garganta inteira na piroca.

O oral foi um sucesso, mas o último teste seria ainda mais delicioso. A putinha deitou, e abriu o cuzinho para o fodedor sentar a rola. A delicinha tipo colegial soltou cada gemidinho safado, que até o protótipo ficou meio bambo com tamanha safadeza. Será que ele iria estragar tudo logo na última trepada?

Mas não, ele sabia como foder, e ela sabia como levar pau na bundinha. De repente, se virou, e ficou de quatro. Pedindo para sentir o cacete indo até o fundo do cuzinho.

E se precisasse, era pra meter até as bolas. Foi aí que o teste falhou. Nem com toda a tecnologia implantada, foi possível agüentar o tranco daquela ninfeta. Pouco mais de alguns minutos de bombada, ele encharcou o cuzinho dela com um jato de porra que encheria uma garrafa.

Após isso, encerraram a conta do hotel e voltaram juntos para o Japão para apresentar os resultados. Para a sorte dos dois, na próxima semana eles voltarão para mais experimentos safados.